segunda-feira, 27 de abril de 2009

Notas Sobre Nada II

Tropeçando vou seguindo amigos, depois de uma longa data sem escrever coisas minhas a vocês. O mundo dando voltas, a vida surpreendendo...O fim de tudo?!Não..talvez seja só a luz no fim do tunel, o encontro do que por tempos foi buscado.
Depois de tempos na mesma, hoje a vida me obriga a abrir os olhos, sei que toda regra tem uma exeção, mas talvez eu ja não queira mais agir tão diferente.
Ao contrário de todos que agiam de uma forma eu agi de outra, e o que ganhei?!
Hoje vejo cada vez mais perto a luz no fim do túnel...
Não pensei que eu vivi na escuridão esses ultimos dias, pois não vivi!Muita cor se fazia presente antigamente, muitos sorrisos...
Desisto da raça humana, não quero mais entende-los, a raça é ruim por natureza...
Desisto de querer ser presente...de fazer parte das suas vidas!
Desisto mais uma vez de tudo que insisti sem retribuição...

Já diz o sábio trecho bíblico:
"O choro pode durar uma noite mas a alegria vem pela manhã."

Acho que está amanhecendo...
Fico nas lembranças...e desejos felicidade!

Abraços!




5 comentários:

guga disse...

us guri,para com isto!!!!!!!!!!!Daqui ha alguns anos teras saudades deste tempo que tudo fazemos e nao tem consequencia,pois temos nossos pais atras de nos para sermos amparados!!!Entao, viva e aproveita esta fase!!!Podes ter certeza que e uma das mais lindas,tirando a infancia!!!!!!!!

guga disse...

Digo, meu Deus,guri!!!!!!!!!!!!cortou o inicio!!!

Vinicius S. Cerentini disse...

bah cara, valeu pelo comentário.
e qto ao q tu escreveu... cara não pensa assim... desistir não!
não sei o q escrever agora, mas pensarei em algo... hehe
abraço!

p.s.: legal q vc acompanhe meu blog. acompanharei o teu.

Leafar Vhesca disse...

Oi guri, valeu pela visita, a vontade pra acompanhar meu blog, pretendo acompanhar o seu, bem interessante pelo pouco que vi.
Bem, em relação a esse seu post o que posso dizer? Vajamos: é muito bom questionar, mas não esquecendo de viver, pois(ao menos pra mim) 'viver' é o que ainda podemos fazer. Erros e atitudes desconcertadas estão sempre presentes, ao menos temos elas, pior se não as houvesse, para poder acertar nas próximas. Desistir às vezes é bom, mas que dure pouco, pois melhor é poder recomeçar, todo dia fazemos isso. Sonhar! Como é bom sonhar. Temos que fazer isso também, a realidade dói menos. Criar! Continue criando...
Abração! =D

Ulisses Lisboa disse...

Sabe, eu sentia saudades de comentar aqui; sentia saudades de ler textos alheios rs
Tu escreves muito bem, amigo
Grande abraço e beijo